TOP notícias

Brasil: Brasil chega a 63,6% da população completamente imunizada

Casos de covid sobem 23% nas Américas, alerta Opas

  Casos de covid sobem 23% nas Américas, alerta Opas Os casos de covid aumentaram 23% na última semana no continente americano, a maioria em Estados Unidos e Canadá, mas também foram registrados fortes picos em Bolívia, Equador e Paraguai, alertou nesta quarta-feira (24) a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Os saltos mais pronunciados foram registrados no Equador e no Paraguai, com um crescimento de 400% no departamento boliviano de Santa Cruz, que a Opas atribuiu às greves e protestos recentes.Na Colômbia, Bogotá e Medellín reportaram um aumento de casos e hospitalizações, especialmente entre os mais jovens, enquanto Chile e Argentina também registraram crescimento no número de novos casos, segundo a Opas.

O Brasil chegou a 63,6% da população com o 1º ciclo vacinal completo contra a covid-19. O número representa 135.726.722 pessoas vacinadas com 2 doses ou dose única até às 17h58 de 6ª feira (3.dez.2021).

A 1ª dose foi aplicada em 159.395.920 pessoas, o equivalente a 74,7% dos brasileiros. A dose de reforço foi aplicada em 17.547.604 habitantes –8,2% da população. Ao todo, 312.825.377 doses foram administradas no país.

Os dados são da plataforma coronavirusbra1, que compila registros das secretarias estaduais de Saúde.

Para o 1º ciclo vacinal completo, as vacinas administradas no Brasil com duas doses são a CoronaVac, o imunizante da AstraZeneca e o da Pfizer. Também está em uso a vacina da Janssen, que requer só uma dose.

Liga Alemã de Futebol rejeita interromper temporada

  Liga Alemã de Futebol rejeita interromper temporada Organização descartou apelo de clube da segunda divisão para interromper jogos em meio ao aumento dramático de novos casos de covid-19 na Alemanha. © Andreas Gora/dpa/picture alliance Torcedores em jogo do Union Berlin e Hertha BSC A Liga Alemã de Futebol (Deutsche Fußball Liga, conhecida pela sigla DFL) rejeitou nesta quarta-feira (24/11) um apelo para interromper a atual temporada em meio a recordes consecutivos de casos de covid-19 no país.

A dose de reforço é aplicada preferencialmente com o imunizante da Pfizer, independentemente da vacina usada no 1º ciclo de imunização.

São Paulo é o Estado com o ritmo mais avançado de vacinação: 81,6% da população foi vacinada com a 1ª dose. Roraima tem o ritmo mais lento (56,5%).

São Paulo também é o Estado com a maior proporção da população totalmente vacinada (76,1%). Amapá tem o menor percentual de totalmente vacinados (37,4%).

Eis os números de vacinados por Estado:

OS DADOS

Os dados são da plataforma coronavirusbra1, mantida por Carlos Achy, Leonardo Medeiros, Wesley Cota e voluntários, que compilam os números de vacinação divulgados pelas secretarias estaduais de Saúde.

O Ministério da Saúde também dispõe de uma plataforma que divulga dados sobre a vacinação: o Localiza SUS. Contudo, os números demoram mais para ser atualizados.

A plataforma do ministério depende de Estados e municípios preencherem os dados –de acordo com os critérios do governo federal– e enviarem à pasta. Quando uma dose é aplicada, as cidades e os Estados têm 48h para informar ao ministério. Mas nem sempre esse prazo é seguido.

O dado publicado pelo Poder360 é maior que o do Localiza SUS porque os desenvolvedores da plataforma coronavirusbra1 compilam os números de cada uma das secretárias estaduais. As informações divulgadas diretamente por essas são mais atualizadas.

Brasil conta com 64,6% da população totalmente imunizada .
Ao todo, 316. 572. 296 doses foram administradas no país .Os dados são da plataforma coronavirusbra1, que compila registros das secretarias estaduais de Saúde.Para o 1º ciclo vacinal completo, as vacinas administradas no Brasil com duas doses são a CoronaVac, o imunizante da AstraZeneca e o da Pfizer. Também está em uso a vacina da Janssen, que requer só uma dose.A dose de reforço é aplicada preferencialmente com o imunizante da Pfizer, independentemente da vacina usada no 1º ciclo de imunização.São Paulo é o Estado com o ritmo mais avançado de vacinação: 81,7% da população foi vacinada com a 1ª dose.

Ver também