TOP notícias

Brasil: Twitter lança no Brasil recurso para denunciar informações falsas

Djokovic pode ter manipulado teste de covid, diz revista alemã

  Djokovic pode ter manipulado teste de covid, diz revista alemã Tenista não vacinado apresentou às autoridades australianas teste positivo de covid-19 feito em dezembro, que permitira a entrada no país mesmo sem a imunização. "Der Spiegel" aponta indícios de que exame foi manipulado. © GREG WOOD/AFP Provided by Deutsche Welle Um teste de coronavírus apresentado pelo tenista número 1 do mundo, Novak Djokovic, para entrar na Austrália e disputar um campeonato pode ter sido manipulado, segundo reportagem da revista alemã Der Spiegel publicada nesta terça-feira (11/01).

O Twitter liberou nesta 2ª feira (17.jan.2022) para o Brasil o recurso que dá aos usuários a opção de denunciar informações falsas na plataforma. A ferramenta foi criada em agosto de 2021, porém só estava disponível para os Estados Unidos, Coréia do Sul e Austrália.

Até então a plataforma ainda estava implementando aos poucos o recurso para saber se é uma abordagem eficaz contra as fake news. Desde agosto, cerca de 10% dos tweets denunciados foram removidos por violar as regras da rede.

Formulário de cadastro
Poder360 todos os dias no seu e-mail
concordo com os termos da LGPD.

“Até agora, esse mecanismo provou que é útil, mas também tem suas complexidades”, informou a empresa.

Adele lança clipe caótico para “Oh My God”

  Adele lança clipe caótico para “Oh My God” Marcos Boulos fala sobre vacinação de crianças

O Twitter assegurou que as publicações já são analisadas cotidianamente, sem a necessidade de denúncia. Com o novo recurso, o problema pode ser identificado de forma mais rápida.

O Poder360 preparou um tutorial de como denunciar uma publicação falsa na plataforma. Veja abaixo:

Clique nos três pontos no canto superior direito da postagem.

  Twitter lança no Brasil recurso para denunciar informações falsas © Fornecido por Poder360

Clique na opção “denunciar tweet”.

  Twitter lança no Brasil recurso para denunciar informações falsas © Fornecido por Poder360

Depois, na opção “as informações são enganosas.”

  Twitter lança no Brasil recurso para denunciar informações falsas © Fornecido por Poder360

Então, escolha a categoria.

  Twitter lança no Brasil recurso para denunciar informações falsas © Fornecido por Poder360

Cobrança sobre o Twitter

Nos últimos meses a discussão sobre a desinformação e liberdade de expressão ganhou espaço na rede. A plataforma é cada vez mais cobrada por medidas de combate às notícias falsas sobre eficácia de vacinas.

5 fatos importantes e tendências que vão marcar a agenda ambiental no Brasil em 2022

  5 fatos importantes e tendências que vão marcar a agenda ambiental no Brasil em 2022 Por WRI Brasil - O ano de 2022 vai colocar o Brasil na rota da transição econômica necessária para cumprir as metas climáticas e manter viável o objetivo de longo prazo de zerar as emissões líquidas até 2050? Ainda há uma janela de oportunidade para o mundo limitar o aquecimento a 1,5°C, mas a falta de ambição dos países até aqui tem tornado esse cenário cada vez mais custoso de alcançar. Cada ano que passa torna o cenário mais urgente e a ciência tem deixado claro que as decisões tomadas nesta década vão definir o equilíbrio climático do planeta.

No início do mês, o MPF (Ministério Público Federal) enviou ofício à rede social cobrando explicações sobre a falta de mecanismos para permitir que usuários reportem conteúdos de desinformação envolvendo a covid-19.

O pedido de esclarecimentos foi feito em um inquérito aberto pelo órgão para apurar a atuação de redes sociais no combate à desinformação. Eis a íntegra do ofício (139 KB).

O órgão também pediu para o Twitter explicar quais os critérios para conferir o selo de perfil verificado a usuários que veiculam conteúdo considerado desinformativo sobre temas de saúde pública.

Falsas controvérsias influenciam retrocessos ambientais no Brasil, afirma estudo .
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Afirmações pseudocientíficas contribuíram para o enfraquecimento das políticas ambientais desde a década de 90 no Brasil, revela um estudo publicado nesta terça-feira (25) pelo periódico científico Biological Conservation. "O ataque às políticas ambientais foi impulsionado por um esforço sistemático e velado de um pequeno grupo de contrários para desinformar os tomadores de decisão e a sociedade", diz o artigo, que"O ataque às políticas ambientais foi impulsionado por um esforço sistemático e velado de um pequeno grupo de contrários para desinformar os tomadores de decisão e a sociedade", diz o artigo, que define os contrários --também chamados de céticos ou negacionistas-- como grupos c

Ver também