TOP notícias

Esportes: Sete brasileiros disputarão as finais da natação nesta quinta nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Vanderson Chaves e Monica Santos param nas oitavas de final da esgrima Nas Paralimpíadas

  Vanderson Chaves e Monica Santos param nas oitavas de final da esgrima Nas Paralimpíadas Jovane Guissone e Carminha Oliveira sequer chegaram às fases finais da categoria florete B+ Silvânia Costa brilha e conquista o bicampeonato paralímpico no salto em distância T11

A manhã desta quinta-feira tem tudo para começar com medalhas para o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Na noite desta sexta-feira, sete brasileiros garantiram vaga nas finais que ocorrem a partir das 5h (horário de Brasília). Destaque para Gabriel Aaújo e Talisson Glock, que fizeram os melhores tempos em suas respectivas provas.

Talisson Glock conquistou a medalha de bronze nesta quarta-feira (Foto: Ale Cabral/CPB) © Talisson Glock conquistou a medalha de bronze nesta quarta-feira (Foto: Ale Cabral/CPB) Talisson Glock conquistou a medalha de bronze nesta quarta-feira (Foto: Ale Cabral/CPB)

Nas eliminatórias dos 50m costas, classe S2, Gabriel Araújo liderou do início ao fim e fechou com tempo de 56s82. Já Talisson Glock fez o melhor tempo das qualificatórias dos 400m livre, categoria S6, com 5m06s28. Ambos os atletas, que já conquistaram medalhas nestas paralimpíadas, disputarão as finais nadando na raia quatro.

Brasil leva cinco ouros em um dia e salta para sexto lugar no quadro de medalhas dos Jogos Paralímpicos

  Brasil leva cinco ouros em um dia e salta para sexto lugar no quadro de medalhas dos Jogos Paralímpicos País, que estava na décima colocação geral, conquistou nove medalhas nesta sexta-feira, com destaque para a estreia vitoriosa do atletismo e mais pódios na nataçãoO grande destaque brasileiro foi o atletismo, que teve quatro campeões paralímpicos – Yeltsin Jacques (5.000m pela classe T11), Silvânia Costa (salto em distância pela classe T11), Petrúcio Ferreira (100m rasos pela classe T47) e Wallace dos Santos (arremesso de peso pela classe F55). O outro ouro veio na natação, com a vitória de Wendell Belarmino nos 50m livre da classe S11.

+ Carol Santiago garante o terceiro ouro nas Paralimpíadas, e Brasil supera campanha nos Jogos do Rio

Nos 400m livre feminino, classe S6, quem garantiu vaga na decisão foi Laila Suzigan, que fez sétimo melhor tempo das eliminatórias (5m39s00). Ana Soares foi outra brasileira que garantiu uma vaga nas finais da natação desta quinta-feira ao ficar com o quinto melhor tempo geral (1m11s67) nos 100m costas, classe S14.

Eric Tobera também assegurou um lugar na final dos 100m livre, classe S4, ao nadar para o oitavo melhor tempo (41s34) das eliminatórias da prova. A última brasileira e avançar às decisões da natação foi Patrícia Santos, dos 50m livre feminino, categoria S4, que fez o segundo melhor tempo da bateria, com 41s62.

+ Bruna Alexandre, Danielle Rauen e Jennyfer Parinos conquistam o bronze paralímpico no tênis de mesa

Brasil fecha o primeiro dia dos Jogos Paralímpicos com um ouro, uma prata e dois bronzes. Veja o resumo!

  Brasil fecha o primeiro dia dos Jogos Paralímpicos com um ouro, uma prata e dois bronzes. Veja o resumo! Brasil fecha o primeiro dia dos Jogos Paralímpicos com um ouro, uma prata e dois bronzes. Veja o resumo!Gabriel Bandeira, de 21 anos, venceu os 100m borboleta, pela classe S14 (para atletas com deficiência intelectual), com o tempo de 54s76, marca que também valeu o novo recorde paralímpico da prova. A prata ficou com Reece Dunn, da Grã-Bretanha (55s12), enquanto o australiano Benjamin Hance foi o medalha de bronze (56s90).

Antes, José Ronaldo Silva, dos 50m costas masculino, classe S1, também garantiu vaga na final. Outros brasileiros também caíram nas piscinas de Tóquio na noite da última quarta-feira, mas não conseguiram classificação às finais, como: Vanilton Filho, Gabriel Bandeira, Bruno Becker, Ronnystony Cordeiro e Susana Schnarndorf.


Galeria: Ouro na maratona aquática! Veja o que você perdeu na noite e madrugada nos Jogos Olímpicos (LANCE!)

Confira o horário das finais de cada brasileiro nesta quinta-feira:5h – 400m livre masculino S6 - Talisson Glock

Alessandro Rodrigo conquista o bicampeonato paralímpico no lançamento de disco em Tóquio

  Alessandro Rodrigo conquista o bicampeonato paralímpico no lançamento de disco em Tóquio Recordista mundial da prova, o atleta repetiu a medalha de ouro conquistada na Rio 2016+ Carol Santiago garante o terceiro ouro nas Paralimpíadas, e Brasil supera campanha nos Jogos do Rio

5h10 – 400m Freestyle S6 - Laila Suzigan

6h10 – 100m costas feminino S14 - Ana Karolina Soares de Oliveira

6h31 – 50m costas masculino S1 - José Ronaldo da Silva

6h39 – 50m costas masculino S2 - Gabriel Araújo

7h31 – 50m livre masculino S4 - Eric Tobera

7h38 – 50m livre feminino S4 - Patrícia Pereira dos Santos

CPB anuncia maior delegação para Jogos Paralímpicos fora do país .
A delegação brasileira será composta por 253 atletas. Incluindo atletas sem deficiência, além de comissão técnica, médica e administrativa, totalizando 422 pessoas . Jamais uma missão brasileira no exterior teve tamanha proporção. Na última edição fora do Brasil, em Londres-2012, o Brasil compareceu com 178 atletas, até então a maior. O número para a capital japonesa só é superado pela participação nos Jogos Rio-2016, já que o Brasil garantiu vagas em todas as modalidades por ser país sede e contou 286 atletas no total.

Ver também