TOP notícias

Esportes: Retrospectiva LANCE!: zagueiro sofre com lesões, laterais indicam futuro promissor no Flamengo e mais

Joia do Corinthians na Copinha vibra com atuação: 'Emocionante fazer o gol diante dessa torcida maravilhosa'

  Joia do Corinthians na Copinha vibra com atuação: 'Emocionante fazer o gol diante dessa torcida maravilhosa' Com apenas 15 anos, Pedro aproveitou a oportunidade dada pelo técnico Diogo Siston e fez o primeiro gol na vitória de 2 a 0 do Timão contra o São José-SP+ Pato, Soteldo… veja 15 jogadores conhecidos no Brasil que estão na MLS e até quando vão seus contratos

O ano de 2021 se encerrou, e o LANCE! começou a publicar uma retrospectiva do Flamengo, relembrando os feitos e os destaques do Rubro-Negro de janeiro a dezembro. Nesta segunda parte, o material é a respeito das participações dos defensores - zagueiros e os laterais. Entre os principais destaques estão os repetidos problemas de Rodrigo Caio com as lesões, a chegada de David Luiz, e o desenvolvimento de Matheuzinho e Ramon, que mostraram que podem ser o futuro do Fla nas respectivas posições.

> Saiba quem é Paulo Sousa, técnico da Seleção Polonesa e alvo do Flamengo

ZAGUEIROS

Os problemas de Rodrigo Caio em 2020 foram estendidos para 2021. Depois de atuar em apenas 32 jogos pelo Flamengo no ano passado, neste, foram 33 disputados. Dessa forma, ainda sob o comando de Rogério Ceni, a dupla de zaga costumou ser formada - na ausência do camisa 3 - por Willian Arão e Gustavo Henrique.

Retrospectiva LANCE!: Fluminense recorre a Marcão duas vezes e Roger Machado vai mal

  Retrospectiva LANCE!: Fluminense recorre a Marcão duas vezes e Roger Machado vai mal Ex-volante e ídolo tricolor levou a equipe duas vezes à Libertadores; Roger acabou contestado e caiu após eliminação para o Barcelona (EQU)Com a dura missão de seguir a briga pela Libertadores, Marcão assumiu o time ainda em dezembro e iniciou com certa instabilidade, vencendo apenas no quarto jogo. Entretanto, no fim, o ex-jogador somou seis vitórias, quatro empates e duas derrotas, deixando o time com a vaga direta na fase de grupos. Mesmo com a boa campanha, a diretoria decidiu contratar Roger Machado.

Já sob o comando de Renato Gaúcho, a situação mudou: o treinador retificou em algumas entrevistas que não gostava de improvisar jogadores. Assim, Arão retornou ao meio de campo, e a dupla de zaga, na ausência de Rodrigo Caio, começou a ser formada por Gustavo Henrique e Léo Pereira.

Dessa forma, Bruno Viana, que chegou neste ano por empréstimo do Braga-POR, passou a ser a última opção para Renato. Além disso, o Fla ainda trouxe David Luiz, sem clube desde que deixou o Arsenal. O ex-defensor da Seleção Brasileira fez apenas dez jogos com a camisa rubro-negra, especialmente por causa de uma lesão que sofreu na sua segunda partida, mas se firmou como titular da posição.

Ainda vale lembrar que Natan, uma das promessas das divisões de base do Flamengo, jogou apenas três jogos em 2021 pelo Flamengo. No inicio do ano, ele foi negociado junto ao Red Bull Bragantino.

Retrospectiva LANCE!: ataque do Flamengo é notável por marca centenária e recuperação de Michael

  Retrospectiva LANCE!: ataque do Flamengo é notável por marca centenária e recuperação de Michael Gabriel Barbosa foi mais uma vez o artilheiro do Flamengo, Bruno Henrique e Pedro tiveram bons números, mas 2021 marcou a recuperação de Michael pelo clube da GáveaA dupla Bruno Henrique e Gabigol manteve o altíssimo nível ao longo do ano. Levando em conta apenas os jogos da temporada de 2021, a dupla somou 54 gols e 21 assistências. Quando estiveram à disposição, foram titulares e demonstraram todo entrosamento que vêm desde 2018, quando jogaram juntos ainda pelo Santos e, a partir de 2019, passaram a brilhar com o Manto.

David Luiz e Rodrigo Caio no Flamengo © Rodrigo Caio e David Luiz são os zagueiros titulares do Flamengo (Foto: Divulgação) David Luiz e Rodrigo Caio no Flamengo

Rodrigo Caio e David Luiz foram os titulares da posição (Foto: Divulgação)

LATERAL-ESQUERDO

Nesta posição, 2021 pode ter indicado ao Flamengo o futuro. Isso acontece porque Renê iniciou o ano como reserva imediato de Filipe Luís, mas foi Ramon quem terminou em alta dentro de campo.

A situação começou a mudar quando Filipe Luís e Renê estavam indisponíveis para a partida contra o Palmeiras, e Ramon precisou ser acionado. O lateral fez uma partida segura, sobretudo no sistema defensivo, e caiu ainda mais nas graças da torcida.

Retrospectiva LANCE!: meio-campo do São Paulo foi 'dominado' por jogadores revelados na base

  Retrospectiva LANCE!: meio-campo do São Paulo foi 'dominado' por jogadores revelados na base Setor teve poucos reforços e viu jovens de Cotia assumirem protagonismoNo começo deste ano, a base já era a espinha dorsal do meio-campo. Comandado por Fernando Diniz, o Tricolor tinha Gabriel Sara e Igor Gomes já começando a ter lugar importante na escalação titular. Daniel Alves e Tchê Tchê eram escalados também no setor.

Renato Gaúcho, contudo, ainda preteria Renê sobre Ramon enquanto Filipe Luís, absoluto na posição durante todo o ano, estivesse machucado. Entretanto, já na reta final da temporada, o cria da base voltou a receber mais oportunidades e aparecer mais como a segunda opção na lateral-esquerda.

Renê e Ramon © Renê, à esquerda, e Ramon, à direita, foram os substituos de Filipe Luís (Foto: Montagem LANCE!) Renê e Ramon

Renê, à esquerda, e Ramon, à direita, foram os substituos de Filipe Luís (Foto: Montagem LANCE!)

LATERAL-DIREITO

Pelo outro lado do campo, foi outro jogador da base que se destacou: Matheuzinho. O titular ao longo do ano foi Isla, da Seleção Chilena, mas foi o camisa 34 que atuou mais vezes e contribuiu mais no ataque, com gols e assistências.

Ainda vale lembrar que Rodinei retornou à Gávea em junho deste ano, depois do empréstimo para o Internacional. O jogador, todavia, não conseguiu vencer a concorrência no setor. Dessa forma, ele foi utilizado como opção para o segundo tempo e, também, como um ponta pela direita em determinadas partidas.

Mesmo assim, Rodinei já despertou interesses de clubes nacionais (como São Paulo, Internacional e Fluminense), além de internacionais (como o Charlotte FC, dos Estados Unidos). O diretor de futebol do Flamengo, Bruno Spindel, contudo, ressaltou que conta com ele para a próxima temporada (veja aqui).

Retrospectiva LANCE!: meio-campo do Corinthians teve 2021 com reforços e indefinições

  Retrospectiva LANCE!: meio-campo do Corinthians teve 2021 com reforços e indefinições Setor teve inúmeras formações ao longo do ano e foi aquele que mais foi alterado para as diversas variações táticas. A incógnita seguirá no Timão para a próxima temporadaTABELA

Isla, Matheuzinho e Rodinei - Arte (Flamengo) © Rodinei retornou ao Flamengo neste ano, enquanto Isla e Matheuzinho tomaram conta da lateral-direita... Isla, Matheuzinho e Rodinei - Arte (Flamengo)

Rodinei retornou ao Flamengo neste ano, enquanto Isla e Matheuzinho tomaram conta da lateral-direita (Arte LANCE!)


Galeria: SOBE E DESCE: o balanço do Flamengo, jogador a jogador, no Brasileirão de 2021 (LANCE!)

Confira os números dos defensores do Flamengo na temporada de 2021*:

RODRIGO CAIO

33 jogos (18V/8E/7D) - um gol e uma assistência

GUSTAVO HENRIQUE

37 jogos (24V/8E/5D) - três gols e duas assistências

LÉO PEREIRA

35 jogos (21V/10E/4D) - nenhum gol e uma assistência

NATAN

Três jogos (2V/0E/1D) - nenhum gol e nenhuma assistência

BRUNO VIANA

38 jogos (25V/10E/3D) - um gol e nenhuma assistência

DAVID LUIZ

Dez jogos (7V/1E/2D) - nenhum gol e nenhuma assistência

RODINEI

23 jogos (16V/5E2D) - um gol e quatro assistências

ISLA

36 jogos (24V/6E/6D) - nenhum gol e quatro assistências

MATHEUZINHO

58 jogos (34V/13E/11D) - dois gols e sete assistências

RENÊ

32 jogos (20V/6E/6D) - um gol e duas assistências

FILIPE LUÍS

43 jogos (28V/7E/8D) - nenhum gol e três assistências

RAMON

24 jogos (21V/9E/6D) - um gol e três assistências

*Números não contam a reta final da temporada de 2020, que foi finalizada em fevereiro de 2021 por conta das mudanças no calendário devido à Covid-19.

Posições: centroavante titular refletiu o declínio do Vasco no ano e reserva aproveitou as chances que recebeu .
Germán Cano começou bem o ano no Cruz-Maltino, mas cometeu erro emblemático. Por sua vez, Daniel Amorim fez quatro gols na Série B do Campeonato Brasileiro Galeria: SOBE E DESCE: o balanço do Flamengo, jogador a jogador, no Brasileirão de 2021 (LANCE!) 1/30 SLIDES © Marcelo Cortes/Flamengo O Flamengo se despediu do Brasileiro de 2021 de forma melancólica, com uma derrota na última rodada, mas já estava com a segunda colocação assegurada. Como forma de balanço, o LANCE! fez uma análise, posição por posição, de quem saiu por cima ou por baixo (ou permaneceu no "ponto neutro") da competição.

Ver também