TOP notícias

Esportes: Nove vezes Xerém: Base do Fluminense acumula títulos e encerra trimestre com superávit

Argentina x Venezuela: onde assistir, horário e escalações do jogo pela Eliminatória da Copa do Mundo

  Argentina x Venezuela: onde assistir, horário e escalações do jogo pela Eliminatória da Copa do Mundo Argentina já está classificada para o Mundial, enquanto Venezuela é cumpre tabelaINVENCÍVEL

A temporada de 2021 se aproxima do fim, e o Fluminense já se encaminha para o acerto de contas. Entre os setores do clube, Xerém é um destaque, não apenas pelos nove títulos conquistados em cinco categorias, como também pelo superávit apresentado. Ainda que no início do ano a base tenha apresentado prejuízo, os 12 meses do CT Vale das Laranjeiras encerram com R$3.530.847,00, e o melhor retorno financeiro entre as modalidades do clube.

Avanutri será a patrocinadora master das categorias de base do Fluminense (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC) © Avanutri será a patrocinadora master das categorias de base do Fluminense (Foto: Mailson Santana/Flu... Avanutri será a patrocinadora master das categorias de base do Fluminense (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)

No primeiro trimestre de 2021, a base tricolor apresentava uma receita operacional líquida de R$3.348.232,00 e despesas de R$5.087.513,00, representando um déficit de R$1.739.281,00. Entre abril e junho, a arrecadação aumentou para R$8.808.462,00, enquanto as despesas foram de R$9.897.397,00. Novamente, houve prejuízo de R$1.088.935,00. Os dados são do portal da transparência do clube.

Fluminense se prepara para a estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior

  Fluminense se prepara para a estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior Antes da viagem para Matão-SP, os 24 jogadores participaram de atividade no CT Vale das Laranjeiras. Moleques de Xerém estreiam nesta terça, contra o Jacuipense, às 15h15- Traçamos um planejamento e, em um momento inicial, no Torneio do Chile, observamos os jogadores de primeiro ano da categoria.

O terceiro trimestre, por sua vez, foi mais positivo financeiramente. Entre julho e setembro, Xerém teve um aumento ainda maior do investimento por parte do clube, com R$15.214.790,00. A aposta deu certo: a receita líquida foi de R$18.745.638,00, ou seja, R$3.530.848. Neste período, a base empilhou quatro títulos da Copa Rio e dois da Taça Guanabara.

Além das conquistas do último trimestre, os Moleques de Xerém conquistaram nove títulos no total. Na temporada, o Flu foi Campeão Estadual Sub-20, Campeão Estadual Sub-13, Campeão Copa Rio Sub-17, Campeão Taça Guanabara Sub-17, Campeão Taça Guanabara Sub-15, Campeão Copa Rio Sub-14, Campeão Copa Rio Sub-13, Campeão Torneio Super 8 Sub-11 e Campeão Metropolitano sub-13.

> Confira a classificação da Série A do Brasileiro

Hora do adeus: Fluminense encerra 2021 perdendo destaques do elenco feminino na temporada

  Hora do adeus: Fluminense encerra 2021 perdendo destaques do elenco feminino na temporada Luany e Nicole não renovaram o contrato; Luiza Travassos pediu liberação do Fluminense para atuar na liga universitária dos Estados Unidos , enquanto o destino das outras jogadoras ainda é desconhecido. © Fluminense encerrou 2021 com baixas importantes no elenco feminino (Foto: Divulgação/Fluminense FC) Fluminense encerrou 2021 com baixas importantes no elenco feminino (Foto: Divulgação/Fluminense FC) Contudo, as baixas na equipe feminina começaram antes mesmo do fim da temporada. Em agosto, Lara Dantas também pediu a liberação do Flu para atuar nos Estados Unidos.

Assim, a base foi o setor do clube que mais deu retorno financeiro ao clube, na mesma medida em que rendeu mais títulos, se comparado aos esportes olímpicos, profissional e feminino adulto. Em ritmo de reorganização orçamentária, Xerém demonstrou que é possível cortar gastos, otimizar receitas e ainda sim levantar troféus.

Fluminense encerra terceiro trimestre com superávit maior que o anterior; veja valores .
Clube arrecadou com venda de jogadores, direitos de transmissão e premiações; Esportes olímpicos seguem dando prejuízoO salto financeiro se deve, em grande medida, à receita operacional do clube. O terceiro trimestre foi marcado pela venda de Kayky e Metinho, para o Manchester City e Troyes, respectivamente. A transferência dos jogadores representou R$108.610.762 aos cofres do clube. Os direitos de transmissão também acumularam cifras expressivas, com R$69.320.636,00.

Ver também