Mundo: Facebook diz que política de trabalho remoto pode desacelerar crescimento de empregos na Irlanda

Pandemia coloca outros 100 milhões de trabalhadores na pobreza, segundo a ONU

  Pandemia coloca outros 100 milhões de trabalhadores na pobreza, segundo a ONU A pandemia de covid-19 colocou, em 17 meses, mais de 100 milhões de trabalhadores na pobreza, afirmou a Organização das Nações Unidas (ONU) nesta quarta-feira (2), devido ao desaparecimento de horas de trabalho e de empregos de boa qualidade. "Cinco anos de progressos foram arruinados até a erradicação dos trabalhadores pobres", segundo um relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que indica que em comparação com 2019 cerca de outros 108 milhões de trabalhadores no mundo foram requalificados como pobres ou muito pobres.

O Facebook informou que a política de trabalho remoto pode desacelerar o crescimento de empregos na Irlanda , onde fica a sede europeia. A declaração foi feita à emissora nacional RTE por Gareth Lambe, do Facebook Ireland. É ele quem está avaliando os impactos do trabalho remoto no país e quantos funcionários estariam aptos para aproveitarem as respectivas vantagens dessa política . Segundo Lambe, o crescimento agressivo da empresa irá continuar, inclusive com a construção de um novo campus de 57 mil metros quadrados, em Dublin, onde a expectativa é alocar 7 mil

DUBLIN (Reuters) – O Facebook ainda planeja aumentar “agressivamente” o número de funcionários em sua sede europeia na Irlanda , mas uma política de toda a empresa permitindo trabalho remoto permanente de outros países pode desacelerar esse crescimento com o tempo, disse seu chefe O Facebook , que é um dos maiores empregadores da Irlanda , com cerca de 3.000 funcionários e outros 3.000 terceirizados, permitirá que alguns trabalhadores se mudem permanentemente após mais de um ano de muitos trabalhando remotamente devido à pandemia de Covid-19.

DUBLIN (Reuters) - O Facebook ainda planeja aumentar "agressivamente" o número de funcionários em sua sede europeia na Irlanda, mas uma política de toda a empresa permitindo trabalho remoto permanente de outros países pode desacelerar esse crescimento com o tempo, disse seu chefe naquele país nesta sexta-feira.

Imagem de logotipo do Facebook em telefone celular © Reuters Imagem de logotipo do Facebook em telefone celular

A economia da Irlanda depende enormemente de empresas multinacionais que empregam cerca de um em cada oito trabalhadores irlandeses e qualquer movimento para facilitar o trabalho remoto no exterior aumentaria o desafio já representado por uma revisão global planejada dos impostos corporativos.

Gabeira: "Lula e Bolsonaro são duas visões populistas"

  Gabeira: Em entrevista à DW Brasil, fundador do PV critica polarização em torno de "visões populistas de esquerda e de direita", defende terceira via na eleição e nega um dia ter apoiado Bolsonaro: "PT tenta me atribuir isso".O jornalista Fernando Gabeira é uma das mais notórias figuras tanto em termos de participação ativa quanto de análise política no Brasil. Deputado federal por quatro mandatos seguidos pelo Rio de Janeiro (Partido Verde e PT, entre 1995 e 2011), rompeu com o Partido dos Trabalhadores logo no início do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003, tornando-se um crítico do PT.

DUBLIN (Reuters) – O Facebook ainda planeja aumentar “agressivamente” o número de funcionários em sua sede europeia na Irlanda , mas uma política de toda a empresa permitindo trabalho remoto permanente de outros países pode desacelerar esse crescimento com o tempo, disse seu chefe O Facebook , que é um dos maiores empregadores da Irlanda , com cerca de 3.000 funcionários e outros 3.000 terceirizados, permitirá que alguns trabalhadores se mudem permanentemente após mais de um ano de muitos trabalhando remotamente devido à pandemia de Covid-19.

O Facebook ainda planeja aumentar "agressivamente" o número de funcionários em sua sede europeia na Irlanda , mas uma política de toda a empresa permitindo trabalho remoto permanente de outros países pode desacelerar esse crescimento com o tempo, disse seu chefe naquele país O Facebook , que é um dos maiores empregadores da Irlanda , com cerca de 3.000 funcionários e outros 3.000 terceirizados, permitirá que alguns trabalhadores se mudem permanentemente após mais de um ano de muitos trabalhando remotamente devido à pandemia de Covid-19.

O Facebook, que é um dos maiores empregadores da Irlanda, com cerca de 3.000 funcionários e outros 3.000 terceirizados, permitirá que alguns trabalhadores se mudem permanentemente após mais de um ano de muitos trabalhando remotamente devido à pandemia de Covid-19.

Funcionários qualificados em escritórios do Facebook na Irlanda, França, Alemanha, Itália, Holanda, Polônia, Espanha e Reino Unido poderão se mudar para outro desses locais. A equipe baseada nos EUA também pode se mudar para o Canadá, acrescentou.

Gareth Lambe, do Facebook Ireland, disse que ainda está avaliando quantos funcionários irlandeses seriam elegíveis para aproveitar as vantagens da política. Menos da metade do seu pessoal é de nacionalidade irlandesa.

Tensão entre Reino Unido e UE aumenta por causa da Irlanda do Norte

  Tensão entre Reino Unido e UE aumenta por causa da Irlanda do Norte Londres pode adotar ação unilateral. UE ameaça com resposta "firme"Receba a newsletter do Poder360

Aprende a recuperar una cuenta de Facebook anterior en la que no puedes iniciar sesión.

Crise causada pelo coronavírus pode desacelerar políticas de inclusão de negros, pessoas com deficiência e LGBTI+ em empresas; para especialistas, apesar de pé no freio, programas sérios não devem parar ou devem retomar logo com força. Preconceito etário, visto também durante a pandemia, é cruel no mercado de trabalho , onde a #idade pesa no currículo; é preciso repensar valores de cultura jovem-cêntrica, diz especialista Mórris Litvak, da Maturijobs, em artigo para o #RadardoEmprego. #carreira # trabalho # emprego #coronavirus #pandemia #ageismo.

"Vamos continuar a crescer agressivamente", disse ele à emissora nacional RTE, citando uma mudança nos próximos um ou dois anos para um novo campus de 57.000 metros quadrados em Dublin que pretende preencher com 7.000 funcionários.

"Isso não terá um impacto material no crescimento do emprego para o Facebook na Irlanda", disse ele, referindo-se à política de trabalho remoto. "Temos uma meta este ano de adicionar cerca de 700 funcionários a mais e vamos continuar a fazer isso e vamos continuar a crescer."

"Mas esta é uma evolução significativa e no futuro, nos próximos anos e décadas, é possível que o crescimento dos empregos e dos números não seja tão rápido na Irlanda como teria sido antes."

Lambe disse que os principais tomadores de decisão do Facebook na Europa, Oriente Médio e África continuarão sediados em Dublin, o que significa que seu status fiscal corporativo não mudará.

(Reportagem de Padraic Halpin)

Quem está ganhando a histórica guerra de ideias entre os economistas .
Há quem aposte em uma maior intervenção do Estado na economia para regular as falhas do mercado, e quem queira que o poder público interfira o mínimo possível; pandemia recrudesceu o debate e intensificou defesas de políticas industriais - antes desdenhadas - nos países.Os corpos não se chocam como nos esportes de contato, mas a veemência com que se debate sobre seus diversos princípios pode ser tão contundente quanto um gancho de esquerda, alguns diriam.

Ver também