TOP notícias

Mundo: Brasil goleia Lituânia e disputará o ouro no goalball masculino; seleção feminina perde e buscará o bronze

Brasil leva cinco ouros em um dia e salta para sexto lugar no quadro de medalhas dos Jogos Paralímpicos

  Brasil leva cinco ouros em um dia e salta para sexto lugar no quadro de medalhas dos Jogos Paralímpicos País, que estava na décima colocação geral, conquistou nove medalhas nesta sexta-feira, com destaque para a estreia vitoriosa do atletismo e mais pódios na nataçãoO grande destaque brasileiro foi o atletismo, que teve quatro campeões paralímpicos – Yeltsin Jacques (5.000m pela classe T11), Silvânia Costa (salto em distância pela classe T11), Petrúcio Ferreira (100m rasos pela classe T47) e Wallace dos Santos (arremesso de peso pela classe F55). O outro ouro veio na natação, com a vitória de Wendell Belarmino nos 50m livre da classe S11.

O Brasil disputará duas medalhas no goalball nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Nesta manhã, o time masculino venceu a Lituânia por 9 a 5, com show e seis gols de Parazinho, e enfrentará a China na decisão nesta sexta-feira, às 7h30 (de Brasília). Após as medalhas de prata em Londres-12 e de bronze na Rio-16, a seleção buscará a inédita medalha de ouro nos Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Seleção masculina de goalball buscará a inédita medalha de ouro em Tóquio (Foto: Matsui Mikihito/CPB) © Seleção masculina de goalball buscará a inédita medalha de ouro em Tóquio (Foto: Matsui Mikihito/CPB... Seleção masculina de goalball buscará a inédita medalha de ouro em Tóquio (Foto: Matsui Mikihito/CPB)

O time feminino esteve perto da final, mas perdeu para os Estados Unidos nos pênaltis, por 3 a 2, após o empate em 2 a 2 no tempo regulamentar e na prorrogação. Agora, o Brasil enfrentará o Japão na disputa do bronze às 1h15 (de Brasília) desta sexta-feira. A decisão, entre EUA e Turquia, será às 7h30.

Programação: confira as competições do terceiro dia da Paralimpíada de Tóquio

  Programação: confira as competições do terceiro dia da Paralimpíada de Tóquio Começam o atletismo e o judô e prosseguem as disputas na natação, esgrima em cadeira de rodas, tênis de mesa e em esportes coletivos

+ Talisson Glock conquista ouro nos 400m livre nos Jogos Paralímpicos

Jéssica fez os dois gols do Brasil diante dos Estados Unidos, no primeiro tempo. As americanas só conseguiram superar a defesa brasileira a três minutos do fim. Amanda Dennis fez os dois gols - o segundo a 15 segundos do fim do jogo. Na prorrogação, ninguém conseguiu marcar e a disputa foi para os pênaltis.

PARAZINHO COMANDA VITÓRIA NO MASCULINO


Galeria: Classificação LANCE!: Veja como ficou o quadro de medalhas nos Jogos Olímpicos de Tóquio após o 18º dia de competição (LANCE!)

A classificação da seleção masculino veio horas antes, com vitória por 9 a 5 sobre a Lituânia. Depois da medalha de prata em Londres, em 2012, e do bronze no Rio, em 2016, o time masculino de goalball vai em busca do ouro inédito. A final será contra a China, nesta sexta-feira, às 7h30 (de Brasília).

Brasil fecha o primeiro dia dos Jogos Paralímpicos com um ouro, uma prata e dois bronzes. Veja o resumo!

  Brasil fecha o primeiro dia dos Jogos Paralímpicos com um ouro, uma prata e dois bronzes. Veja o resumo! Brasil fecha o primeiro dia dos Jogos Paralímpicos com um ouro, uma prata e dois bronzes. Veja o resumo!Gabriel Bandeira, de 21 anos, venceu os 100m borboleta, pela classe S14 (para atletas com deficiência intelectual), com o tempo de 54s76, marca que também valeu o novo recorde paralímpico da prova. A prata ficou com Reece Dunn, da Grã-Bretanha (55s12), enquanto o australiano Benjamin Hance foi o medalha de bronze (56s90).

A Lituânia abriu o placar nos primeiros segundos. O primeiro tempo terminou com a vitória parcial brasileira por 3 a 2. No segundo tempo, a Seleção abriu vantagem no embalo de Parazinho, artilheiro da partida com seis gols.

Leomon, com dois, e Romário completaram o placar para a Seleção Brasileira. A Lituânia descontou com Pavliukianec, dois, Zibolis, Pazaruskas e Jonikaitis.

+ Gabriel Araújo brilha nos 50m costas e conquista mais uma medalha de ouro

Rodrigo Pessoa é homenageado na coleção 'Grandes Ídolos do Esporte' .
Coleção, lançada pela Casa da Moeda do Brasil em parceria com a Memorabília do Esporte, homenageia principal nome do hipismo do país, medalha de ouro em Atenas-2004- É uma grande honra para mim poder fazer parte desse excepcional grupo de atletas, em estar sendo homenageado com essa coleção de medalhas, o que é único. Tenho certeza de que essas medalhas serão belíssimas lembranças para os colecionadores e fãs de esportes - afirmou Rodrigo Pessoa, que vai integrar a equipe de saltos no Japão, sua sétima participação olímpica.

Ver também