TOP notícias

Mundo: Furacão Larry com ventos de 205 km ameaça Antilhas e Estados Unidos

Furacão Ida se fortalece para categoria 4 antes de chegar à Lousiana

  Furacão Ida se fortalece para categoria 4 antes de chegar à Lousiana O furacão Ida se fortaleceu para a categoria 4 (de um total de 5) e deve tocar o solo da Louisiana na tarde de domingo (29), provocando graves inundações. Segundo o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC), em Miami, os ventos que acompanham as chuvas torrenciais ultrapassam agora os 209 km/h. Milhares de moradores de três estados americanos – Louisiana, Mississippi e Alabama – fugiram da costa do Golfo do México para escapar do furacão, qualificado de "extremamente perigoso" pelas autoridades americanas. A categoria 4 é a segunda mais alta da escala Saffir-Simpson de furacões.A Louisiana declarou estado de emergência com a aproximação do fenômeno metereológico.

O furacão Larry aumentou de intensidade com ventos de 205 quilômetros (km) nas últimas horas, ameaçando as Pequenas Antilhas e a costa leste dos Estados Unidos, avisou hoje (4) o Centro Nacional de Furacões.

furacão © Foto: Photo by NOAA via Getty Images furacão

O “olho do furacão” Larry, que também aumentou de tamanho, localiza-se a cerca de 1,7 mil km a leste das Ilhas Leeward e a cerca de 2.570 km a sudeste das Bermudas, de acordo com o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês), em comunicado.

O centro norte-americano prevê que as ondas provocadas pelo Larry cheguem às Pequenas Antilhas no domingo e se estendam por partes das Grandes Antilhas, Bahamas e Bermudas, na segunda e terça-feira.

Furacão Ida chega aos EUA exatamente 16 anos depois de Katrina devastar a mesma região

  Furacão Ida chega aos EUA exatamente 16 anos depois de Katrina devastar a mesma região O potente furacão Ida, de categoria 4 e com ventos de até 240 km/h, tocou o solo neste domingo (29) na Louisiana pouco após o meio-dia local (14h de Brasília), exatamente 16 anos depois de Katrina devastar esta região do sul dos Estados Unidos. Chuvas e ventos fortes já eram sentidos desde a manhã nas ruas desertas de Nova Orleans, em uma cidade com janelas protegidas com tapumes e sacos de areia à espera deste furacão, catalogado como "extremamente perigoso". © AP - Eric Gay "Encontre o ambiente mais seguro da sua casa e fique ali até que a tempestade tenha passado", tuitou o governador do estado, John Bel Edwards.

LEIA TAMBÉM:

  • Menina de 9 anos faz escova progressiva e vai parar no hospital
  • Sofrendo com o fim do home office? Saiba como tornar a volta ao trabalho presencial mais leve
  • Confira 25 dicas para economizar energia elétrica
  • Confirmados casos de ‘vaca louca’ no MT e MG, exportações à China são suspensas
  • Mega-assalto em Araçatuba: polícia desarma quase 100 bombas

Há ainda a perspectiva de que uma ondulação significativa possa ocorrer na costa leste dos EUA na terça-feira, desencadeando correntes perigosas.

O Larry mover-se na direção oeste-noroeste, a cerca de 24 km por hora, apesar de se esperar que a deslocação para noroeste seja um pouco mais lenta nos próximos dias.

No entanto, o Larry, que é um furacão de categoria três na escala Saffir-Simpson, que vai até 5, poderá ficar ainda mais forte, admite o NHC.

Biden declara situação de desastre após passagem de furacão por Louisiana

  Biden declara situação de desastre após passagem de furacão por Louisiana Tempestade deixa ruas inundadas e casas danificadas. Até o momento, uma morte foi confirmada“A assistência pode incluir subsídios para habitação temporária e reparos domésticos, empréstimos de baixo custo para cobrir perdas de propriedade não seguradas e outros programas para ajudar indivíduos e proprietários de negócios a se recuperarem dos efeitos do desastre”, declarou a Casa Branca, em comunicado (íntegra, em inglês – 63 KB).

A previsão dos meteorologistas é a de que atinja a força de um grande furacão nos primeiros dias da próxima semana.

A Administração Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA) prevê que a atual temporada de furacões no Oceano Atlântico terá uma atividade acima da média dos últimos anos.

Este ano, e até agora, quatro furacões formaram-se no Atlântico: Henri, Grace, Elsa e a Ida, sendo que este último causou morte e destruição nas Caraíbas e nos Estados Unidos.

  Furacão Larry com ventos de 205 km ameaça Antilhas e Estados Unidos © Fornecido por Metro
Metro World News Brasil04 Setembro 2021
Mega-Sena sorteia R$ 34 milhões neste sábado

Tempestade Nicholas vira furacão e atinge o Texas .
Nesta terça-feira (14), a tempestade tropical Nicholas acabou ganhando forças e virou um furacão de categoria 1 (escala que vai até 5), pouco antes de atingir a costa do Golfo dos Estados Unidos. + Jacaré mata homem em galpão alagado pelo furacão Ida + Furacão Ida deixa ao menos 6 mortos nos EUA + Furacão […] O post Tempestade Nicholas vira furacão e atinge o Texas aparece primeiro no Go Outside.

Ver também