TOP notícias

Mundo: Com reforços engatilhados, Cruzeiro negocia parcelamento de dívidas na Fifa

Se começasse hoje... confira o atual elenco do Vasco, às vésperas da reapresentação

  Se começasse hoje... confira o atual elenco do Vasco, às vésperas da reapresentação Com 12 saídas certas e apenas seis anúncios de contratações, Cruz-Maltino precisa ampliar o leque de jogadores à disposição de Zé Ricardo para o início da pré-temporadaGoleiros: Thiago Rodrigues, Lucão, Vanderlei, Fintelman, Alexander e Halls

Impedido de registrar novos jogadores desde junho deste ano, o Cruzeiro tenta o parcelamento das pendências que acarretaram no transfer ban da Fifa. Com reforços engatilhados para a próxima temporada, o clube celeste negocia acordos com Defensor, do Uruguai, e Mazatlán, do México (antigo Monarcas Morelia) por causa de dívidas de mais de R$13 milhões referentes às aquisições dos direitos econômicos de Arrascaeta e Riascos, ambas em 2015.

Maicon é primeiro reforço do Cruzeiro para 2022, mas ainda não pode ser registrado © Gustavo Aleixo/Cruzeiro Maicon é primeiro reforço do Cruzeiro para 2022, mas ainda não pode ser registrado

A dívida do Cruzeiro com o Defensor pelo meia Arrascaeta é de 1,151 milhão de euros (R$7,5 milhões). Já o débito com o Mazatlán pela compra do atacante Riascos é de 1 milhão de dólares (R$5,64 milhões). Além dos valores originais, o clube celeste precisa arcar com juros e multas referentes às dívidas para encerrar a punição da Fifa. As duas pendências foram contraídas durante a gestão de Gilvan de Pinho Tavares.

Baixa! Jael desfalca o Ceará por seis meses

  Baixa! Jael desfalca o Ceará por seis meses Atacante teve lesão na reta final da temporada e precisou passar por uma cirurgia+ Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

Desta forma, o Cruzeiro tenta uma composição com uruguaios e mexicanos a exemplo do acerto que teve com o Independiente del Valle pela contratação do zagueiro Kunty Caicedo. Em agosto do ano passado, ficou definido que a Raposa repassará ao clube equatoriano 18 parcelas iguais de US$ 132 mil (mais de R$ 702 mil na cotação da época). Os valores somados equivalem a US$ 2.376.000,00 (cerca de R$13,4 milhões).

Reforços para 2022

O Cruzeiro já acertou a contratação do zagueiro Maicon, de 33 anos, para a próxima temporada. O clube também está próximo de anunciar a chegada de outro zagueiro: Mateus Silva, do Ituano. Outros atletas renomados foram especulados na Toca, casos de Willian, do Palmeiras; Manoel, do Fluminense; e Petros, ex-Corinthians e São Paulo.

Corinthians tem negociação avançada para emprestar o zagueiro Léo Santos para a Ponte Preta

  Corinthians tem negociação avançada para emprestar o zagueiro Léo Santos para a Ponte Preta Depois de longo tempo para retornar de lesão, defensor teve dificuldade para conquistar espaço no Timão e será emprestado para a Macaca até o fim da temporada 2022TABELA

Em recente entrevista, o técnico Vanderlei Luxemburgo considerou que o fim do transfer ban seria o principal reforço para o time celeste, que encerrou a participação na Série B deste ano na 14ª colocação, com 48 pontos. Em 2022, a Raposa estará na Segunda Divisão pela terceira temporada consecutiva.

Transfer ban não é novidade

Sofrer sanções desportivas na Fifa não é novidade no Cruzeiro. Em 2020, o clube ficou impedido de contratar em razão de uma dívida de mais de R$9 milhões com o FC Zorya, da Ucrânia, pela compra do passe do atacante Willian, em junho de 2014. Na mesma temporada, houve a retirada de seis pontos na Série B por causa de uma pendência superior a R$5 milhões com o Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, pelo empréstimo do volante Denílson, em julho de 2016.

Cruzeiro está perto de acerto com Del Valle e Atlético-AC e encerrar punições do Trasnfer ban .
A Raposa negocia com o time do Equador e do Acre, para acabar com duas pendências que impedem o clube de registrar novos jogadores no elencoA Raposa tem uma dívida com o Independiente Del Valle, do Equador, de quase R$ 10 milhões relativa ao zagueiro Kunty Caicedo, contratado em julho de 2017 na gestão de Gilvan de Pinho Tavares. Sérgio Santos Rodrigues , presidente da Raposa, anunciou um acordo de pagamento em 18 parcelas de U$ 132 mil (na cotação atual, cerca de R$ 11,2 milhões ao todo), com vencimento a partir de agosto do ano passado. Todavia, somente as duas primeiras parcelas teriam sido pagas.

Ver também