TOP notícias

Bebidas: Sustentáveis e certificados

Doces feitos de insetos: mais sustentáveis que os de leite?

  Doces feitos de insetos: mais sustentáveis que os de leite? Doces feitos de insetos estão presentes há muitos séculos em vários lugares do mundo. A entomofagia – como é chamada a prática – além de fornecer nutrientes essenciais para o corpo humano, também é uma forma mais sustentável de obter proteínas, em comparação aos outros doces convencionais no ocidente. Os doces feitos de insetos são fabricados dos mais diversos formatos. Eles podem ser triturados ou adicionados inteiros à receita do doce. A produção de doces feitos de insetos não é realizada em escala global, o que significa que não é tão fácil encontrar um doce feito de insetos nas prateleiras do mercado.

Vinhos ricos, exuberantes, aveludados. Assim são alguns dos rótulos que fizeram a fama do Alentejo, em Portugal. Agora, os produtores querem ser conhecidos também por boas práticas de ESG (ambiental, social e de governança). Lançado em 2015, o Programa de Sustentabilidade Vinhos do Alentejo (PSVA) reúne 446 integrantes (42% da área de vinhedos plantados na região) e acaba de ser reconhecido pelo Investor Relations and Governance Awards, iniciativa da Deloitte que, neste ano, estreou a categoria Sustainability Initiative Award, atribuído à Comissão Vitivinícola Regional Alentejana. “A iniciativa nos coloca ao lado de outros países que já implementaram seus programas de sustentabilidade e reforça o posicionamento pioneiro do Alentejo em importantes demandas mundiais”, disse o coordenador do programa, João Barroso. “Criamos um mecanismo regional que adota as melhores práticas desde a produção da uva até a distribuição do vinho engarrafado.”

15 receitas de churrasco vegetariano que todo mundo adora

  15 receitas de churrasco vegetariano que todo mundo adora O tempo está bom e tudo o que queremos é desfrutar de um delicioso churrasco no jardim. E se você não come carne (ou quer diminuir o consumo) também tem deliciosas receitas à base de vegetais que não deixam a desejar. Aqui lhe damos quinze ideias deliciosas para você aproveitar ao máximo um churrasco vegetariano, sem complicar muito e sem abrir mão de nenhum sabor ou textura, aproveite o verão!

Divulgação © Divulgação Divulgação

Entre as 14 regiões vitivinícolas de Portugal, o Alentejo é líder em vinhos certificados, com cerca de 40% de valor total das vendas. Entre as medidas adotadas pelos produtores que aderiram ao programa há a aplicação de técnicas naturais de conservação e aumento da fertilidade do solo, redução do uso de pesticidas, gestão de resíduos e economia de água e energia, além da valorização e engajamento da comunidade. Para isso, as vinícolas que integram o PSVA têm à disposição ferramentas e profissionais que auxiliam na avaliação de caminhos para desenvolver suas atividades na produção de uvas e vinhos de qualidade, de maneira economicamente viável e, ao mesmo tempo, preservando o meio ambiente. A produção é exportada para cinco destinos principais: Brasil, Angola, China, Estados Unidos e Polônia. E não por acaso, dois dos primeiros rótulos resultantes do PSVA já estão disponíveis no Brasil. São eles o Coelheiros 2018, importado pela Mistral (R$ 250 a garrafa do branco no site adegaonline.com.br), e Herdade dos Grous 2018, trazido pela Épice (R$ 199, o tinto, no emporiomercantil.com.br).

Dia Internacional do Tiramisu: 11 receitas para celebrar esta icônica sobremesa italiana

  Dia Internacional do Tiramisu: 11 receitas para celebrar esta icônica sobremesa italiana A sua facilidade permite diferentes variações sobre o tema, que dão vida a receitas extraordinárias que aconselhamos não só a descobrir mas também a experimentar.

ANTÃO VAZ A importância do Brasil para as exportações de vinho português é tanta que a mais recente edição da feira ProWine, em São Paulo, no início de outubro, reuniu cinco estandes do país. E o consumidor tem procurado descobrir as peculiaridades dos diferentes estilos e castas autóctones de Portugal. É o caso da branca Antão Vaz, típica do Alentejo. “É uma uva que dá corpo a rótulos perfumados, estruturados e refrescantes, que combinam com o clima do Brasil e harmonizam com os mais diferentes tipos de culinárias”, afirmou Francisco Matheus, presidente da Comissão Vitivinícola Regional do Alentejo. As opções disponíveis no País vão do acessível Navegante Branco (R$ 35, na CultivaBrands), Régia Colheita DOC Branco (R$ 150, Porto a Porto) e Cartuxa Branco (R$ 210, na Adega Alentejana). Todos conduzem a boas viagens pelo Alentejo.

Terrazas de Los Andes Parcels: quatro estilos de Malbec e uma só assinatura (da LVMH) .
Terrazas de Los Andes Parcels: quatro estilos de Malbec e uma só assinatura (da LVMH)+ Clos Floridène: 92 pontos de Parker por menos de R$ 170

Ver também